Morador de Cardoso Moreira morre por Covid-19 em São Fidélis e não consta em nenhum boletim


Um morador do município de Cardoso Moreira, morto por Covid-19 em São Fidélis há um mês e 10 dias, não consta nos boletins divulgados pelas duas prefeituras. O óbito chegou a ser registrado no boletim de São Fidélis em 19 de maio, com a informação inicial de que o homem, de idade não divulgada, residia na localidade de Santa Catarina, pertencente ao município. Contudo, desde o último dia 29, deixou de ser contado entre as mortes fidelenses após a constatação de que seu endereço era da localidade vizinha de Santa Isabel, pertencente a Cardoso.
Em vídeo publicado no Facebook da Prefeitura da São Fidélis, dia 29, a superintendente de Vigilância em Saúde local, Hítalla Valentim, informou que o homem foi a óbito em 7 de maio, no Hospital Armando Vidal.
— O paciente, segundo a família, segundo a notificação, residia em Santa Catarina. E ele foi contabilizado como óbito pelo município de São Fidélis, do "distrito" de Santa Catarina — afirmou Hítalla na ocasião, justificando a retirada do caso do boletim. — Em contato com a família e com a Vigilância de Cardoso Moreira, foi constatado que ele é morador de Santa Isabel, um "distrito" próximo a Santa Catarina, mas que faz parte do município de Cardoso Moreira. Então, esse óbito que consta em Santa Catarina vai sair de nosso boletim — pontuou a superintendente.
A Prefeitura de Cardoso Moreira segue sem confirmar óbitos por Covid-19. Também não há mortes em investigação pelo boletim municipal. Segundo a assessoria de Comunicação da Prefeitura, a secretaria de Saúde aguarda a confirmação pelo Governo do Estado para incluir dados em seu boletim, que contabiliza 50 casos confirmados — 21 ativos e 29 recuperados —, além de quatro suspeitos. Em São Fidélis, até a noite de terça-feira (16), já estavam confirmados 14 óbitos causados pelo novo coronavírus. O município tem ao todo 269 casos positivos — 19 ativos e 236 recuperados — e um suspeito.

Fonte: Folha da Manhã

Nenhum comentário