Casos suspeitos de coronavírus em Campos, SJB, SFI, SF, Macaé, Pádua e Itaocara



O Norte e Noroeste Fluminense segue sem caso confirmado de coronavírus, até o início da tarde desta terça-feira (17), no entanto, 20 pacientes com suspeita de contaminação são acompanhados em Campos, São João da Barra, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, Macaé, Santo Antônio de Pádua e Itaocara. No estado do Rio de Janeiro, a secretaria de Saúde confirmou 33 diagnósticos da doença, sendo que em um caso, o paciente está em estado grave. Até o momento, a incidência se concentra na capital do estado, Niterói e Sul Fluminense. Em todo o país, 291 diagnósticos da doença e uma morte confirmada, nesta terça, segundo o Ministério da Saúde. De acordo com os dados divulgados pelas secretarias estaduais, número chega a 301.
A Vigilância em Saúde de Campos informou que acompanha dois casos suspeitos, cujos resultados dos exames ainda não foram divulgados. Ambos os pacientes não apresentam sintomas, mas continuam em isolamento domiciliar. “Uma mulher, que também havia passado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) neste domingo (15), foi atendida na Unidade Pré-Hospitalar (UPH) de Guarus mas a paciente não se enquadra na definição de caso suspeito- conforme estabelece Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. Contudo, a secretaria de Saúde segue monitorando o caso assim como todos os pacientes atendidos pela rede de municipal”, informou em nota.
A Prefeitura de São João da Barra monitora dois casos suspeitos de coronavírus. São pacientes que vieram do Rio de Janeiro e apresentaram sintomas leves. Elas estão em casa e só depois de exames o município poderá dar mais detalhes. São os primeiros casos suspeitos do município, que vem adotando uma série de medidas para tentar conter a chegada do vírus. Não há informações sobre quando as pacientes chegaram a SJB e quando foram atendidas na Santa Casa de Misericórdia.
Dois idosos, moradores de São Francisco de Itabapoana, estão sendo monitorados após terem tido contato, no Rio de Janeiro, com pacientes portadores do novo coronavírus. O casal, que vive em Barra de Itabapoana, não apresentou sintomas, mas está sendo acompanhado diariamente pela secretária de Saúde do município e segue em isolamento domiciliar. Em todo o estado, há 31 casos confirmados e 94 suspeitos.
Em Macaé, havia nove casos suspeitos de coronavírus até a última sexta, nas três foram descartados após avaliações e, seis seguem como suspeitos. Questionada pela pela Folha, a prefeitura do município não se manifestou.
Em São Fidélis, a prefeitura informou que existem três casos suspeitos sendo acompanhados no município. De acordo com nota oficial, uma paciente está em isolamento hospitalar e duas em isolamento domiciliar. 
Noroeste Fluminense - Quatro casos suspeitos de coronavírus estão sendo monitorados em Santo Antônio de Pádua de acordo com o comunicado oficial do município nesta terça-feira (17). De acordo com a informação, os pacientes se encaixam no perfil de suspeitos por apresentarem sinais e sintomas respiratórios. Após o surgimentos da suspeita, a Vigilância Epidemiológica de Santo Antônio de Pádua iniciou todo o fluxo de contenção do Covid-19, realizando a coleta do material biológico e enviando à Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen-RJ) para a confirmação ou descarte dos casos. Os quatros pacientes, que não tiveram suas idades reveladas, estão e isolamento domiciliar, sob avaliação diária da Secretaria de Saúde, com quadro estável.
O município de Itaocara registrou o primeiro caso suspeito do novo coronavírus (Covid-19). A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde de Itaocara na manhã desta terça-feira (17). A vítima seria uma mulher de aproximadamente 60 anos anos que teria viajado em um cruzeiro. Ela apresentou sintomas respiratórios e está internada em um hospital particular do município. O estado de saúde é estável e requer cuidados.
Fonte: Folha da Manhã

Nenhum comentário