Vereador de Italva poderá perder o mandato

http://www.odiariodonoroeste.com.br/wp-content/uploads/2012/12/diploma%C3%A7%C3%A3oitalva.jpg
O vereador de Italva, Antônio Elias Ancelmé, eleito pela coligação DEM/PRP/PSDB com 243 votos, poderá perder o mandato devido a quantidade de falta às sessões da Câmara neste ano de 2014, que foram muito além do permitido em lei. Foram 31 faltas quando o máximo permitido são 26.

A cadeira de Antônio Elias Ancelmé deverá ser solicitada à regional do PRP pela primeira suplente da coligação, Marinete da Silveira Barcelos Teixeira, a Marinete do Morro Grande, que obteve 176 votos.

Como Antônio Elias mudou de partido, ingressando no Solidariedade, Marinete acredita que a direção regional do PRP vai solicitar à presidência da Câmara de Italva a cadeira do vereador que, segundo comentários na cidade, após casar-se com uma médica, a Dra. Pâmela, que é de Itaperuna, passou a residir naquela cidade.  

Antônio Elias Ancelmé é filho do ex-prefeito de Italva, Darli Ancelmé. No município de Italva os comentários no meio político mostram uma certa decepção com o vereador, que surgiu com um discurso de renovação e não tem demonstrado interesse nas questões que se referem à cidade. Faltou quase a metade das reuniões da Câmara e não desenvolveu nenhum trabalho digno de registro como vereador.

Caso a direção regional do PRP acate o pedido de Marinete, caberá ao presidente da Câmara, Wilson Nogueira, fazer cumprir a lei. 

Fonte: Blog do Avelino Ferreira

Nenhum comentário