Polícia fecha casa de prostituição e prende dois em São Fidélis

 

http://www.odiariodecampos.com.br/fotos/7925_Opera%C3%A7%C3%A3o-Pira%C3%AD-Foto-Vinnicius-Cremonez-6.jpg

A Polícia Civil de São Fidélis, no Norte Fluminense, fechou uma casa de prostituição que funcionava desde o dia 10 de dezembro na cidade. Duas pessoas, que segundo a polícia são responsáveis pelo local, foram presas em flagrante. Outras nove prostitutas e seis clientes também foram detidos, mas foram liberados após prestar depoimento. Nenhum material ilícito foi encontrado no local. A ação aconteceu na noite desta quinta-feira (16).

Segundo o delegado titular da 141ª Delegacia de Polícia de São Fidélis, a casa teve os trabalhos encerrados há mais de dois anos e voltou a funcionar no último dia 10 de dezembro. Cerca de oito dias depois, a polícia começou a investigar o ponto.

“O local era administrado pelo pai e duas filhas e funcionava da seguinte maneira: eles ficavam com 30% do valor do programa das meninas, cobravam uma taxa mensal de R$ 10 pela luz e mais R$ 35 por semana por comida”, contou o delegado Rodrigo Maia.

A ação contou com 17 policiais civis, duas viaturas da polícia, uma viatura sem identificação e um micro-ônibus para levar todos os envolvidos para a delegacia. José Zezito Tavares de Sousa, conhecido como "Vovô" foi transferido para a Cadeia Pública de Campos e Simone Mattos de Souza levada para o Presídio Feminino. Uma outra filha do homem ainda não foi encontrada.

http://1.bp.blogspot.com/-ovTKhnKt9cU/UtmTSbSqDMI/AAAAAAAAPTs/kG3h-GtwViU/s1600/Opera%C3%A7%C3%A3o-Pira%C3%AD-1.jpg

Nenhum comentário