PAPA FRANCISCO É ELEITO A PESSOA DO ANO PELA REVISTA TIME


A publicação justifica a escolha dizendo que o pontífice argentino, "com o foco na compaixão", tornou-se "uma nova voz de consciência".
Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires, foi escolhido no dia 13 de março, em um conclave, como sucessor do Papa Bento XVI – que renunciou em fevereiro, em um movimento inédito na história moderna da Igreja Católica.
Primeiro latino-americano e primeiro jesuíta a ser eleito Papa, Francisco mostrou, desde o início do pontificado, um estilo próprio, de humildade e sem pompas, em uma tentativa de reaproximar a Igreja de seus fiéis.
Francisco foi selecionado pela "Time" a partir de uma lista de dez personalidades. Depois do Papa, veio o ex-consultor da NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) Edward Snowden, que revelou o programa secreto de espionagem do governo americano.
Francisco foi "uma escolha muito interessante este ano", afirmou Nancy Gibbs, editora da revista Time, ao anunciar o nome no canal NBC. "Ele mudou o tom, a percepção e o enfoque de uma das maiores instituições do mundo com um extraordinário peso", disse.
A prestigiosa revista elege a personalidade do ano desde 1927.
Entre os cinco finalistas estavam ainda a americana Edith Windsor, que venceu um caso na Suprema Corte do país sobre os direitos dos casais homossexuais; o presidente sírio Bashar al-Assad, que permanece no poder apesar das pressões internacionais; e o senador americano Ted Cruz, responsável pela estratégia republicana para forçar a paralisação do governo federal há alguns meses.
No ano passado, o escolhido havia sido o presidente americano Barack Obama.
Fonte: G1

Nenhum comentário