Rede de ensino municipal de Cardoso Moreira cai em índice de qualidade do IDEB

 


A rede municipal de educação de Cardoso Moreira registrou, pela segunda vez seguida, queda no indicador de qualidade do governo federal,  no índice de até o quinto ano. A diminuição fez com que a cidade registrasse, em 2017, um Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 4,6, e agora nos dados divulgado na tarde desta terça-feira (15) pelo MEC para o ano de 2019. O município Cardosense apresentou 4,5. em 2015 o município alcançou 4,9, em uma escala que vai de 0 a 10. A meta prevista para o ano de 2019 era 5,4. 


Já o Índice de até o nono ano o município Cardosense também não ficou nada bem e teve um queda significativa, em 2017 o IDEB era de 5,1 e caiu em 2019 para 4,3, a meta projetada era 5,8


Com a segunda queda consecutiva nas notas do IDEB para até o Quinto ano, o município de Cardoso Moreira ocupa agora no ranking do estado do Rio de Janeiro a posição 89 entre 92 municípios a frente apenas de Japeri, Cachoeiras de Macacu e Campos dos Goytacazes.




Entenda o IDEB

O Ideb é calculado com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Saeb (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica). O índice final varia de 0 a 10 e leva em consideração quantos alunos passam de ano e qual o desempenho em língua portuguesa e em matemática.


O índice tem metas diferentes para cada ano de divulgação e também metas específicas nacionais, por unidade da federação, por rede de ensino e por escola. A intenção é que cada instância melhore os índices para que o Brasil atinja o patamar educacional da média dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).


Segundo o MEC, considerando as metas para os anos iniciais do ensino fundamental para as escolas públicas municipais, em 2017, 3,6 mil municípios cumpriram a meta, o equivalente a 70%. Em 2019, esse número caiu para 3,2 mil, ou 62%.

Nenhum comentário