URGENTE: Ataque hackers trás risco de apagão na internet em Toda Região


A internet é algo necessário na vida de 99% da população mundial. Em todos os países, em todas as cidades, todos necessitam do uso da internet, seja ela para trabalhar, pesquisar, se divertir, jogar, etc.
Algo que vem irritando profundamente os consumidores, é o famoso “cai-cai de internet”, porém, não adianta ligar para reclamar com o provedor, pois esses ataques vem ocorrendo em toda Região Sudeste. É um ataque direcionado de vários países por hackers.

Devido ao crescimento frequente dos ataques, é possível que um apagão na internet da Região Sudeste, seja causado, tendo em vista que atinge cerca de mais de 100 provedores na região.
Os ataques vêm de diversos países e os hackers estão dando prejuízo incalculáveis, uma vez que centenas de clientes insatisfeitos estão pedindo o canelamento dos contratos, mais de 500 já migraram de um provedor para outro buscando uma solução, a qual não consegue ter êxito, mesmo a pós a troca de provedores, já que trata se um ataque regional.

Vejamos algumas estatísticas:





Estatísticas do CERT.br comprovam que desde o ano de 2013, os servidores não sofrem um ataque tão frequente de spam.

Esses ataques estão de forma concentrada na Região Sudeste, atingindo frequentemente provedores do Espírito Santo e Rio de Janeiro, principalmente, na cidades do norte e noroeste fluminense



Por outro, lado os provedores estão buscando ferramentas mais tecnológicas de mercado para barrar os ataques, ainda assim, estão sofrendo frequentemente ataques, desde o final do ano de 2019. Diversos provedores estão perdendo clientes, descontos e investimentos em equipamentos para sanar o problema que tem custado muito alto.

Os DDoS, ou Ataques Distribuídos de Negação de Serviços, são realizados por um computador mestre que direciona um ataque em massa usando um exército de máquinas infectadas. Este ataque visa fazer com que aconteça uma sobrecarga em um servidor, infraestrutura ou computador comum para que recursos do sistema fiquem indisponíveis para seus utilizadores.

Ataques Distribuídos de Negação de Serviços tem o maior índice registrado desde o ano de 1999, conforme estatísticas do CERT.br
Esse tipo de ataque não visa roubar dados, porém tem como objetivo retirar determinado site do ar temporariamente. Para tal façanha, os responsáveis pelo ataque criam programas maliciosos que são instalados em diversas máquinas, as quais realizarão múltiplos acessos simultâneos ao site em questão.
Como os servidores possuem limitações com relação ao número de acessos em um mesmo instante, acaba ocorrendo que o servidor não aguenta atender as requisições e é retirado do ar. Um ataque distribuído por negação de serviço pode simplesmente reiniciar os servidores ou pode causar o travamento total do sistema que opera por trás do site.

A situação vem piorando a cada dia, e os provedores de internet buscando meios de sanar os ataques, trazendo conforto aos seus consumidores, todavia, o que cada vez se confirma, é um provável apagão de internet na Região Sudeste, devido aos ataques.

Fonte: Campos em Foco

Nenhum comentário