AgeRio: linhas de crédito emergenciais para micro e pequenas empresas de Cardoso e Região


A Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, abriu linhas de crédito com condições especiais para apoiar empreendedores que tiveram seus negócios prejudicados pelas fortes chuvas que atingiram as Regiões Norte e Noroeste do estado. Segundo o presidente da AgeRio, Alexandre Rodrigues, o valor das linhas de crédito pode chegar a R$ 50 mil, com prazo de carência, sem incidência de pagamento de juros.

"Inicialmente foram identificados impactos relevantes na economia local de Cardoso Moreira e tambem nos segintesmunicipios: Bom Jesus de Itabapoana, Italva, Itaperuna, Porciúncula, Laje de Muriaé, Natividade, Cardoso Moreira e Santo Antônio de Pádua. No entanto, empreendedores de outros municípios da região que também tenham sido impactados pelos eventos poderão ser contemplados pelo programa emergencial", afirmou o presidente da agência estadual de fomento.

O Programa Emergencial da AgeRio no Norte e Noroeste contará com o apoio das prefeituras locais para cadastramento e encaminhamento dos empreendedores que tiveram seus negócios afetados. Serão disponibilizadas duas linhas de crédito: a linha de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) para o público de microempreendedores informais e MEI - variando de R$ 500 a R$ 10 mil - e a linha Simplificada, para o público de Micro e Pequenas Empresas - com valores entre R$ 21 mil a R$ 50 mil - de acordo com o porte e a necessidade do empreendimento.

"O objetivo é oferecer soluções financeiras em caráter emergencial para apoiar os negócios impactados pelas chuvas, viabilizando a manutenção e o reestabelecimento do seu funcionamento. Com isso, queremos acelerar a reativação da economia local e minimizar os impactos sofridos pelos comerciantes, prestadores de serviços e empresários", explicou Alexandre Rodrigues.

Após o cadastramento e a coleta dos documentos necessários por agentes de crédito locais, a AgeRio realizará a análise, contratação e liberação dos financiamentos.

"Para essas operações de crédito enquadradas no Programa será oferecida também a possibilidade de inclusão de um período de carência, sem incidência de pagamento de juros, de acordo com a capacidade de pagamento do empreendedor. Além disso, as tarifas incidentes sobre a operação também serão financiadas. Queremos dar o máximo de agilidade possível a todos os procedimentos de obtenção das linhas de créditos", ressaltou o presidente da AgeRio.

Quem tiver interesse na linha de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) pode procurar a Prefeitura local para se informar onde acontecerá o atendimento, já os financiamentos às Micro e Pequenas Empresas, podem ser solicitadas diretamente no site da AgeRio

Nenhum comentário