Em audiência em Campos, ex-marido de Regiane alega insanidade mental

O ex-marido de Regiane Santos, morta a tiros em julho deste ano dentro de uma academia, em travessão, distrito de Campos, passou pela primeira audiência nesta quinta-feira (10), no Fórum Maria Tereza Gusmão.

O suspeito do crime, Paulo Rangel Siqueira, que foi preso em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, alegou que possui problemas psiquiátricos e que não lembra como os fatos ocorreram.

No Fórum, familiares relataram que vítima sofria ameaças e, por isso, havia decidido se separar, menos de dois meses antes do crime. O autor dos disparos e a vítima eram casados e tinham três filhas juntos. O advogado de defesa pediu instauração de incidente de sanidade mental. Após o resultado do laudo, o juiz decidirá se o réu será levado ou não ao tribunal do júri.

Fonte Notícias Urbana


Nenhum comentário