Empresários do norte / Noroeste Fluminense estão pessimistas para os próximos seis meses

As indústrias do Norte / Noroeste Fluminense demonstram pessimismo para os próximos seis meses. De acordo com a Sondagem Industrial – Noroeste Fluminense, divulgada nesta sexta-feira, dia 30, pelo Sistema FIRJAN, os empresários esperam redução da demanda de seus produtos (45,5 pontos). Os índices da pesquisa variam de zero a cem pontos e os valores abaixo de 50 indicam pessimismo.

A perspectiva também é de queda na compra de matéria-prima (41,6) e no número de empregados (39 pontos) nos seis meses seguintes. Em relação às exportações, os empresários estão otimistas (68,1 pontos).

Os industriais também se mostraram insatisfeitos com as condições financeiras de suas empresas no 3º trimestre deste ano. O indicador de situação financeira atingiu 33,2 pontos, de margem de lucro ficou em 30,5 pontos e de acesso ao crédito, registrou 23,7 pontos.

A pesquisa do Sistema FIRJAN mostrou ainda que houve retração da atividade produtiva no Noroeste Fluminense em setembro, considerando que os indicadores volume de produção e de número de empregados registraram 40,7 e 42,4 pontos, respectivamente.

Participaram da Sondagem Industrial empresas dos 13 municípios atendidos pela Representação Regional FIRJAN/CIRJ Noroeste Fluminense: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre-Sai.


Fonte: Radio Natividade

Nenhum comentário