Jogando em Cardoso Moreira Americano vence e se classifica

Clique na foto para ampliá-la

O Americano entrou em campo dependendo dos seus próprios esforços e conseguiu o objetivo, ao vencer o Mangaratibense por 3 a 2, na tarde deste sábado, no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira, ficando com a segunda vaga do Grupo B para a fase semifinal do Estadual Série B.
O time entrou em campo dando a impressão que teria uma tarde com maiores facilidades e marcou logo aos cinco minutos, com Léo Guerreiro, e aos 16, com o zagueiro Ramon. O primeiro de cabeça, após o cruzamento de Phillip, e o segundo em cobrança de falta. Mas o Mangaratibense descontou logo depois, aos 16 minutos, em bobeira da zaga, que Wellington aproveitou para descontar.
Clique na foto para ampliá-la
O Americano voltaria a marcar aos 31 minutos, em bela jogada individual de Phillip, com um toque na saída do goleiro após jogada individual pela esquerda. No segundo tempo, com o Americano segurando o resultado, o Mangaratibense voltou a assustar, marcando o segundo gol através de Wellington, mais uma vez. 

Classificado para a semifinal, o Americano enfrenta agora o América, com Portuguesa e Angra dos Reis na outra semifinal.

Estádio - Antônio Ferreira de Medeiros. Arbitragem - José Waldson de Matos, auxiliado por Marcos Gabriel de Castro e Rodrigo de Souza. Gols - Léo Guerreiro (5m), Ramom (11m), Wellington (16 e 58m) e Phillip (31m). Cartões amarelos - Marlon (M). Americano - Vander; Anderson (Iuri), Ramon (Bobby), Espinho e Noel; Abuda, Yan, Phillip e Adrianinho; Léo Guerreiro (Thiago Corrêa) e Ramon Castro. Treinador - João Carlos. Mangaratibense - Flávio; Jéferson (Ubirajara), Gladson, Marlon e Matheus; Wallace, Jéferson Rodrigues, Gustavo e Bruno; Wellington e Marcelo. Treinador - Márcio Goulart.

Goyta fora

Para o Goytacaz, nem mesmo a vitória servia para classificar a equipe para a fase semifinal da Série B do Estadual, já que precisava ainda de uma série de resultados nos outros jogos, que acabaram não acontecendo.
Portanto, mesmo que vencesse, o alvianil não chegaria à fase decisiva e, com pouca motivação, enfrentando um América já classificado, o jogo teve poucos lances que mereceram registro na tarde de ontem, em Campos.
O 0 a 0 acabou por fazer justiça aos dois times, que estão em posição completamente oposta na tabela de classificação e passam a ter objetivos diferentes. O América, na semifinal contra o Americano, e o Goyta pensa no returno.

Estádio - Ary de Oliveira e Souza. Arbitragem - Patrício Corrêa, auxiliado por Alexandre Eller e Aurismar Arraes. Cartões amarelos - Cleiton e Renan (A) e Wander (M). Goytacaz - Anderson; Matheus, Edson, Cleiton e Lorran; Dieguinho, Renan (Almir) e Ricardo Bóvio; Miguel, Neto (Rael) e Vandinho. Treinador - Mauro Rodrigues. América - Luís Henrique; Wander, Rafael Henriques, Ricardo Lucena e Marlon; Taércio, Ramom, Castro Júnior (Lucian) e Abedi; Somália e Marcelinho. Treinador - Arturzinho.

Nenhum comentário