Motociclista é atingido por um pedaço de madeira que perfura seu capacete e morre na hora

unnamed-2-640x428_1

O pedreiro Alex Trindade de Souza, de 35 anos, morreu em um acidente impressionante na manhã deste sábado(07/02): um pedaço de madeira, que possivelmente estava na carroceria de um caminhão que colidiu com sua moto, e perfurou seu capacete e causou afundamento de crânio.
Como aconteceu 
Alex  foi aringido por um caminhão carregado de madeiras na manhã deste sábado. De acordo com informações da Polícia Militar, o corpo da vítima foi encontrado às margens da estrada por populares. Tudo leva a crer que um caminhão carregado de madeiras atropelou Alex,  que pilotava uma Honda Titan CG 150 de cor azul. A moto foi parar a uma distância de aproximadamente 15 metros do corpo.
Segundo a polícia, com o impacto da colisão, um pedaço de madeira atravessou o capacete da vítima e atingiu a cabeça. Alex ainda sofreu um corte profundo no peito.
De acordo ainda com a polícia, o motorista do caminhão evadiu-se do local.
A vítima trabalhava como pedreiro, era casado e morava na localidade de Degredo. A filha de Alex, muito emocionada, esteve no local e segundo ela, o pai teria saído de casa nesta manhã para ir à casa de parentes na sede de São João da Barra.
“Meu pai saiu de casa e falou que não ia demorar. Logo após sua saída, recebi uma ligação de que ele teria sofrido um acidente e estava morto. Eu saí de casa desesperada. Meu pai era uma pessoa muito boa e não merecia isso”, disse a filha.
No local do acidente, muitos pedaços de madeira ficaram espalhados na pista. O corpo de Alex foi removido pelo rabecão do Corpo de Bombeiros e para o Instituto Médico Legal(IML).
O fato aconteceu na Estrada do Pedregal, que liga o bairro de Fátima à localidade de Degredo, em São João da Barra.
O acidente foi registrado na 145ª DP/SJB, onde será investigado.
Foto: Filipe Lemos/Campos 24 Horas

Nenhum comentário