Bancários cruzam os braços nesta terça-feira

http://www.jornalterceiravia.com.br/media/upload/conteudo_imagem/940832fb054b9bd05b0838fdd1e952f829092014204424_g.jpg
Os bancários dos municípios do Norte e Noroeste fluminense entram em greve nesta terça-feira (30 de setembro) após negarem as propostas apresentadas pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Uma assembleia aconteceu na segunda-feira (29) a fim de organizar a estratégia da paralisação que, segundo o presidente do Sindicato dos Bancários, Hugo Diniz, não tem previsão de término.

Além de Campos, o sindicato abrange também as cidades de São João da Barra, São Fidélis, Itaocara, Aperibé, Cardoso Moreira, Italva e São Francisco de Itabapoana. Hugo Diniz informou que são cerca de mil funcionários parados em todas as cerca de 80 agências bancárias existentes nesses municípios.

A greve dos bancários foi decretada na última quinta-feira (25) após grande adesão da classe. A categoria reivindica 12,5% de reajuste salarial; Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais fixo de R$6.247,26; piso de R$2.979,29 (escriturário); tíquetes e auxílio-creche/babá de R$724 (um salário mínimo); mais segurança, vale cultura de R$112,50; plano de cargos e salários; além de melhores condições de trabalho, com a igualdade salarial entre os sexos, fim das demissões, das terceirizações, do assédio moral e sexual e das metas abusivas.

fonte: Terceira Via

Nenhum comentário