Fiperj promove capacitação de beneficiamento do pescado em Cardoso Moreira

http://webservice.npibrasil.com.br/wportal/imagem.aspx?ent=dn&id=9bfeced7-17d7-446f-a5a5-b10704730a3f&m=372&tipotam=p&cred=true
Em mais uma frente de capacitação para pescadores e produtores rurais, a Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) está promovendo o curso “Boas Práticas e Beneficiamento de Pescado”.   as inscrições começam nos dias  11 a 15 de agosto na Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Rua do Horto, s/n, Conjunto Habitacional São José), para as aulas realizadas nos dias 28 e 29 deste mês.

Com atividades teóricas e práticas, o curso é gratuito e tem certificado de participação, com os interessados devendo apresentar original da Carteira de Identidade e CPF no ato da inscrição. No currículo teórico, há conhecimentos de beneficiamento do pescado; cadeia produtiva e conservação; decomposição e contaminação; e higiene. Na parte prática, estão técnicas de higienização do ambiente e de utensílios; lavagem, descamação, evisceração (retirada das vísceras) e filetagem de peixes; e até preparo de receitas.

 Em Cardoso Moreira, a atividade é um dos desdobramentos da visita técnica feita por profissionais da Fiperj no primeiro semestre deste ano ao assentamento Julião Moreira. Na época, um grupo de produtores foi beneficiado com a entrega de quase dois mil alevinos (filhotes de peixe) para criação. Com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, o curso oferece 20 vagas a pescadores e produtores rurais para as aulas que acontecerão das 9h às 17h nos dias 28 e 29, na sede do Lions Clube, na Rua Donatila Vilela Martins, 150, Centro.

- O município é um grande parceiro nosso. Nesta visita, percebemos o potencial dos produtores que já trabalham com peixe, mas ainda precisam de orientação para melhorar o desempenho. Já doamos alevinos e realizamos um curso de piscicultura em tanque-rede. Este novo curso é para que eles compreendam toda a cadeia produtiva – explica o veterinário Luiz Bernabé, à frente dos escritórios regionais Norte I e Norte II, com os quais a Fiperj leva orientação e assistência em geral a nove municípios do Norte Fluminense e dois das Baixadas Litorâneas.

Outras ações de capacitação - Desde 2011, a Fiperj (órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca) promove cursos de Boas Práticas em Manipulação e Beneficiamento de Pescado em diversos municípios do estado. O objetivo é capacitar pescadores e demais participantes da cadeia produtiva da pesca artesanal com os conhecimentos necessários à geração de produtos de boa qualidade para o consumidor, em um processo que possibilite a complementação da renda mensal. Com 12 escritórios espalhados pelo estado, a Fiperj também promove cursos de aquicultura, visando o repasse de tecnologia aos produtores rurais para a criação de rãs e peixes em água doce.

Nenhum comentário