Cardoso Moreira ganha uma nova Cooperativa

 


O munícipio de Cardoso Moreira ganhou uma cooperativa, neste sábado (26). A Cooperativa Cardosense (CooCar), foi fundada por Jorge Ray da Silva Gomes, que também é presidente do Clube de Tiro do município, onde foi realizada a assembleia geral com 160 cooperados.  O objetivo do centro cooperativo é trabalhar com diversos segmentos em prol do desenvolvimento sustentável das comunidades do município.  Na primeira quinzena de outubro, a Cooperativa Cardosense vai oferecer cursos gratuitos e online de acordo com a demanda da cooperativa. No mesmo mês será anunciada a localização da sede da Coocar.   


 No âmbito industrial, Cardoso Moreira tem, de acordo com um estudo sócio-político, duas empresas, somente. O gráfico aponta, ainda, uma grande demanda de pessoas com potencial profissional satisfatório e estão desempregadas fazendo com que a renda per capita seja proveniente destas duas empresas e do município. 

Pensando nisso,  Jorge Ray  idealizou o centro cooperativo para trazer inúmeros benefícios à cidade, entre eles, emprego e cursos de capacitação. Além do potencial econômico para  o município trazendo melhorias, investidores e visibilidade no âmbito nacional.  

- Como presidente do Clube de Tiro percebi o potencial do município e a necessidade urgente de empregos, uma vez que estes poderiam ser trazidos por nós mesmos, cidadãos  cardosenses; buscando recursos federais, estaduais e municipais. Em 2030, Cardoso pode deixar de ser município porque a cidade não terá verba para se sustentar. Assim, nasceu a ideia  de criar uma cooperativa que vai trazer esperança de um futuro promissor e próspero aos cardosenses – afirmou Jorge Ray.

Além de ser um projeto totalmente autossustentável, a CooCar tem como objetivo alcançar o ICMS Ecológico, criado em 2007, no estado do Rio de Janeiro. Criado para impactar positivamente a qualidade ambiental dos municípios, o ICMS Ecológico é um mecanismo tributário que garante às prefeituras que investem em conservação ambiental uma fatia maior do ICMS repassados a elas. Ele vai ajudar Cardoso Moreira e a cooperativa a obter o selo que levará à visibilidade nacional.  

Os cooperados passaram por três fases de seleção. Ao final, Jorge Ray provou, para eles que são capazes de fazer parte de uma cooperativa e contribuir com a prosperidade e progresso  do município. 

Cristiane Iza Pereira, de 45 anos, é  massoterapeuta, formada em Contabilidade e cursa Geografia. Ela é  uma das cooperadas que ficou muito empolgada com a ideia de poder trabalhar no próprio município onde reside. 

- Vivi para os filhos. Fui me profissionalizar depois de uma certa idade e percebi o quanto o mercado de trabalho é cruel

 ainda mais em uma cidade onde não temos oportunidade. A Cooperativa está nos devolvendo a esperança de que Cardoso Moreira  pode crescer em todos os sentidos e não permitir que seus munícipes saiam daqui em busca de emprego – destacou. 

A advogada Priscila Mendel,  de 25 anos, aprovou o projeto de sustentabilidade da CooCar. 

-  As oportunidades de emprego não estão em Cardoso,  infelizmente. Mas, sinto que a Cooperativa veio para mudar isso. Unidos e com um mesmo objetivo alcançaremos muito além do que imaginamos – disse a advogada. 

Ao final do encontro, todos os cooperados assinaram a Ata que legitima a criação da Cooperativa Cardosense.


Por Fábio Oliveira

Nenhum comentário