Retorno das Missas Presenciais em Italva

Sábado iniciando a flexibilização do isolamento social no município de Italva iniciou as celebrações das missas presenciais nas capelas São Joaquim e Santana com o respeito as medidas e orientações da Defesa Sanitária. No domingo a Matriz Nossa Senhora da Conceição e no Centro de Evangelização Sagrado Coração de Jesus, as missas já acolhendo os fiéis que estavam acompanhando pelas mídias sociais e transmissão radiofônica. A alegria do retorno a Casa Comum poderia ser percebida nos rostos, mesmo com os cuidados e restrições.
– O tempo é de cuidado com a saúde e de obedecer as medidas sanitárias. Mas foi uma experiência nova na nossa comunidade e a alegria de ter de volta nossos fiéis. Confesso que foi um desafio e nos adaptamos a realidade de manter o distanciamento e uso de máscaras. Que alegria e já estava muito triste de ter de celebrar sem a participação dos fieis. O tempo de  confiar em Deus e esperar que um novo tempo aconteça. – afirma Pe. Maxiliano Barreto.
A ultima missa presencial foi celebrada na Solenidade de São José, dia 19 de março já com o distanciamento social e no dia 20 de março o Bispo de Campos determinou que as celebrações somente pelos canais de comunicação, e com participação restrita a comentaristas e responsáveis pelas transmissões pelas mídias sociais. A medida exigiu a ampliação das equipes da Pastoral da Comunicação e adaptação para que aos fiéis pudessem acompanhar de suas casas. A Igreja estava aberta as orações pessoais, mas presente nas casas.
– No inicio foi uma verdadeira corrida para a preparação das equipes, tanto para a preparação do espaço litúrgico como para a reativação da Pastoral da Comunicação que assumiu todo trabalho das transmissões pelas mídias sociais e a mobilização da equipe da Rádio Aliança que passou a transmitir as missas tanto na semana como aos domingos da Matriz Nossa Senhora da Conceição. – pontua Pe. Maxiliano.
Nas missas celebradas neste domingo Pe. Maxiliano agradeceu a compreensão de todos os fieis que acolheram todas as orientações e foram fieis ao dizimo, que é uma necessidade para o pagamento dos salários, obrigações trabalhistas e as tarifas que continuam sendo tributadas. Mesmo com todas as dificuldades a fidelidade foi uma resposta de fé.
– Procuramos manter todas as atividades, mesmo com as medidas protetivas. E nesse tempo de muitas incertezas a fidelidade de todos por terem a consciência de que mesmo no momento em que vivemos as incertezas a nossa igreja continua com todas as obrigações com funcionários e as contas de serviços e as obrigações trabalhistas continuam. Agradeço de coração e quero manifestar a alegria de receber a todos neste dia em que retornamos as missas presenciais. Que Nossa Senhora a Imaculada Conceição possa proteger a todos. E fiquemos unidos em oração. Gratidão é a minha palavra final. – revela.
Fonte: Diocese de Campos

Nenhum comentário