Prefeito interino faz auditoria no primeiro dia de governo


No primeiro dia efetivo de gestão, o prefeito interino de Italva, Claudinei Melo (PP), uma espécie de auditoria na Prefeitura. O objetivo, segundo ele, é conhecer a situação do Município e, assim, dar prosseguimento a programas e ações. Claudinei já tem quase todo seu secretariado e pretende anunciar mais um nos próximos dias. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) também deverá anunciar, nos próximos dias, a data da eleição suplementar, que definirá o próximo prefeito.

De acordo com Claudinei, a partir deste levantamento, ele saberá as prioridades e procurar a realização de convênios que beneficiem várias áreas do governo, especialmente a Saúde.
Afastado do cargo por decisão da Justiça Eleitoral, o vice-prefeito Bruno Silva de Souza, o Bruninho, será secretário municipal de Governo. Embora tenha o diploma cassado, ele não perdeu os direitos políticos, por isso pode exercer cargo público.
 
Claudinei tomou posse na última sexta-feira, na Câmara Municipal. Ele assumiu a Prefeitura porque a prefeita Margareth Soares, a Margareth do Joelson, teve o diploma cassado e perdeu os direitos políticos, após ser condenada em primeira e segunda instância. De acordo com a Justiça Eleitoral, ficou comprovado que houve promessa de emprego para eleitores em troca dos votos nos réus e ainda houve pagamento de exame médico em troca de pedido de votos. Ela pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas fora do cargo.

Fonte: Folha da Manhã

Nenhum comentário