TRE rejeita Embargos e prefeita de Italva vai deixar o cargo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) rejeitou na tarde desta quarta-feira, os embargos de declaração da prefeita de Italva, Margareth do Joelson com esse resultado a prefeita terá que deixar o cargo nos próximos dias.

Margareth vai deixar o cargo assim que for comunicada juntamente com a câmara municipal de vereadores, através do seu presidente Claudinei Melo que assumira o cargo de prefeito interino até que se convoquem uma eleição suplementar. A prefeita poderá ainda conseguir uma liminar em Brasília mais fora do cargo como prefeita.

Entenda o caso 

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) é movida por Leonardo Orato Rangel, o Léo Pelanca (PSC), que concorreu a prefeito em 2016 e perdeu por uma diferença de apenas 141 votos. Três dias antes da eleição de 2016, fiscais da Justiça Eleitoral cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa da então candidata Margareth do Joelson e apreenderam centenas de bonecas que seriam distribuídas para eleitores em troca de votos.
A compra de votos provocou um desequilíbrio no pleito em favor de Margareth, que foi eleita em Italva com 41,26% dos votos. A família tem um histórico de condutas vedadas. A prefeita é esposa de Joelson “Disco”, ex-prefeito da cidade que não disputou o pleito de 2016 por estar inelegível. Por isso, lançou a esposa.


Share on Google Plus

About Anderson Lobo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário