Cardoso Moreira começa se preparar para implantação da TV Digital


No dia 28 de novembro deste ano, o sinal de tv analógico sera desligado em Cardoso moreira, e a prefeitura já iniciou a construção do imóvel no morro do Cristo para abrigar os equipamentos da TV digital das emissoras que vão transmitir para a cidade.

Os Cardosense terão uma transmissão em HD e além da otima qualidade do som, o sistema digital, comparado ao analógico, tem um sinal quase três vezes mais potente, e somando a isso a nova torre, que ainda será levantada, vai ajudar a cobrir algumas localidades que antes não recebiam o sinal como Bananal, Doutor Matos e Pão de ló.

O cronograma e implantação do sinal digital são de responsabilidade das emissoras, conforme determinação da Anatel. A cidade contribui viabilizando os licenciamentos necessários e visando agilizar a tramitação, que deve cumprir a legislação vigente.

Distribuição do kit digital gratuito

Famílias beneficiadas por programas sociais do governo federal estão recebendo gratuitamente kits para acessar o sinal da TV digital, com um conversor e uma antena UHF. O kit é distribuído gratuitamente, através da Secretaria do Governo Federal por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações definiu algumas regras de acesso ao conjunto de equipamentos.

Para ter direito ao kit gratuito de TV Digital é necessário que o cidadão esteja inscrito no Cadastro Único, também conhecido como CadÚnico. Além disso, a remuneração familiar mensal deve compreender até três salários mínimos.

Portanto, para ter direito ao Kit Gratuito de TV Digital é preciso que seja beneficiário de algum dos seguintes benefícios sociais:
• Bolsa Família 2017;
• Minha Casa, Minha Vida;
• Carteira do Idoso;
• Programa Brasil Carinhoso;
• Telefone Popular Bolsa Família
• Aposentadoria para Pessoa de Baixa Renda;
• Programa Nacional de Crédito Fundiário;
• Programa Nacional de Reforma Agrária;
• Tarifa Social de Energia Elétrica.

O beneficiário poderá solicitar o kit de tv digital pelo site sejadigital.com.br informando o número do CPF ou NIS. O documento requerido em questão deve ser do responsável pelo grupo familiar; ou ainda pelo telefone, ligando para o número 147. Para tanto, é preciso que esteja portando todos os documentos pessoais.




Nenhum comentário