Assalto em Supermercado com 13 Reféns em Santa Maria de Campos

 
Foram quase duas horas de terror para 13 pessoas na noite deste sábado(3), dentro de um supermercado situado no distrito de Santa Maria, região norte de Campos. Elas estavam fazendo compras e foram feitas reféns por cinco bandidos armados, que apontavam armas, davam gritos e chutes em homens, mulheres e crianças.


Antes de chegar ao comércio, os bandidos já tinham roubado uma caminhonete modelo L-200 e chegaram ao local com o dono amarrado na carroceria. Policiais militares foram avisados e chegaram a surpreender os bandidos dentro do supermercado. Ocorre que, eram dois policiais contra cinco bandidos, todos armados com pistolas. A negociação foi tensa, mas os militares conseguiram libertar os reféns, entre eles duas crianças, sendo um bebê. Os bandidos conseguiram fugir levando em torno de R$ 25 mil em dinheiro.

COMO ACONTECEU - De acordo com a polícia, no início da noite deste sábado, os bandidos renderam um pecuarista na estrada que liga a BR-101  à Santa Maria. O pecuarista foi amarrado e colocado na carroceria de sua caminhonete. Os bandidos, então, seguiram para o supermercado em três veículos, um Pálio prata, um Gol e a caminhonete roubada.

Segundo ainda a polícia, os bandidos  chegaram ao supermercado por volta das 19h20 e ordenaram que todos os clientes  se deitassem. Em seguida, levaram o dono do supermercado para a parte de cima do prédio, onde ele mora, e abriram armários.  Por várias vezes,  deram chutes no empresário e apontaram armas para sua cabeça. Ainda ameaçaram a mulher e o filho dele que estavam no imóvel.

NEGOCIAÇÃO E FUGA - Com a chegada de dois policiais do 8º BPM, sargento Fonseca e do soldado Valdir, do DPO de Santo Eduardo, os bandidos ficaram nervosos. Contudo, em menor número, os militares optaram por não entrar, a fim de que os reféns não fossem colocados em risco.

À espera de reforços, os policiais agiram de forma cautelosa e iniciaram a negociação. Eles pediam a todo momento que os reféns fossem libertados. Em poucos minutos, os bandidos atenderam parcialmente o pedido dos PMs e libertaram cinco pessoas. Entre elas havia uma mulher com um bebê no colo. Ao perceber a chegada dos PMs, o dono da caminhonete, que estava amarrado na carroceria, começou a gritar e também foi libertado.

Mais tarde, no momento em que os demais reféns saíam do supermercado, os bandidos aproveitaram e fugiram por uma porta lateral, entrando em um matagal. Três dos cinco bandidos usavam touca ninja.

Segundo o dono do supermercado, foram roubados em torno de R$ 25 mil em dinheiro. Não houve feridos.

Nenhum comentário