POLÍCIA AMBIENTAL DESTRÓI ARMADILHAS NO RIO MURIAÉ EM CARDOSO E ITALVA

Na manhã desta terça-feira (04), por volta das 10:30h, Policiais Militares da Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm), em cumprimento a ordem de policiamento referente à denúncias anônimas sobre (paritás) colocadas no Rio Muriaé, próximo a cimento Paraíso em Italva.  As armadilhas, que direcionam os peixes para um local onde são capturados sem chance de escaparem, eram  montadas com pedaços de ferro, bambu, madeira e captura os peixe de forma irregular.

Os agentes foram ao local e constataram a existência de uma cabana de madeira com utensílios e outros indícios de atividade de  pesca e caça predatória. As armadilhas foram desmontadas e inutilizada. O material recolhido ( materiais de caça, redes e tarrafas) foi encaminhado à 148 DP em Italva que efetuou o registro e apreendeu o me material em cartório.


Fonte: Imparcial Notícias

Nenhum comentário