Operação em busca de explosivos para assalto a banco em Campos

http://www.diarionf.com/images/noticias/thumb/8849_091216220952_OPERA.jpg
Visando retirar de circulação uma grande quantidade de dinamites em Campos, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) deflagrou uma operação na manhã desta sexta-feira. A ação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Militar (PM), além de policiais do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e da Guarda Civil Municipal (GCM) de Casimiro de Abreu com cães farejadores. De acordo com o promotor de Justiça, Fabiano Rangel Moreira, trata-se de uma organização criminosa que teria planejado realizar ataque terrorista nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, realizada este ano.

A operação começou no hipódromo do Jóquei Clube e seguiu por algumas residências do bairro para cumprimento de mandados de busca e apreensão.

O promotor esclareceu que a ideia era procurar uma grande quantidade de dinamites que estaria sendo utilizada em uma série de assaltos a caixas eletrônicos e bancos nos municípios de Campos, Cardoso Moreira, Carapebus, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, assim como em cidades de Minas Gerais. “Parte do grupo pertencente a esta quadrilha encontra-se presa. Os demais continuam atuando e vamos chegar até a estas pessoas. A informação chegou até a gente e nos coube afastas o risco de que estes dinamites sejam utilizados para prática de roubos a caixas eletrônicos e até matar pessoas”, ressaltou.

Com relação à possível ligação da organização criminosa com o terrorismo, Fabiano destacou que “informação muito superficial é de que estas pessoas teriam trabalhado em conjunto com um grupo no município de Saquarema-RJ e em Minas Gerais que planejavam realizar um atentado terrorista nas Olimpíadas do Rio”.

Fonte: O Diario

Nenhum comentário