Ambulâncias e viaturas do RJ podem ficar sem combustível por falta de pagamento

http://download.rj.gov.br/imagens/20/13/46/2013467.jpg
De acordo com ofício da BR Distribuidora encaminhado ao governo do Rio e publicado no Jornal Extra, a partir do dia 16, próxima quarta-feira, o Estado pode ficar sem gasolina para abastecer a frota e isso inclui as viaturas das polícias Civil e Militar, além das ambulâncias das unidades de Saúde.

A decisão da empresa foi tomada após quebra de acordo firmado no dia 15 de julho. À época, a administração estadual se comprometeu a quitar uma dívida no valor de R$ 72 milhões até aquela data. Mas, em outubro deste ano, a BR Distribuidora notificou o estado de que ainda havia R$ 22 milhões a serem pagos. Como o governo não se manifestou, a empresa, resolveu suspender o fornecimento a partir da próxima quarta-feira (16). A dívida total do governo com a BR, vinculada a Petrobras, é de mais de R$ 31 milhões.

No ofício, a companhia afirma que, em virtude da importância do abastecimento para o funcionamento de setores essenciais do governo, caso a dívida seja quitada, a distribuição do combustível será mantida. Por nota, a Petrobras Distribuidora informou, ainda, que está negociando a melhor solução para ambas as partes.

Já o governo do Estado disse, também por nota, que vem tentando honrar seus compromissos, mas, que a prioridade absoluta tem sido o pagamento dos salários dos servidores. A nota ressalta, ainda, que a gestão do caixa tem sido prejudicada por sucessivos arrestos e bloqueios e que o estado vai procurar a empresa para dar prosseguimento à negociação.

Nenhum comentário