TRE Proíbe divulgação de pesquisa eleitoral da Promidia em Cardoso Moreira


http://pontodevista.net.br/media/2016/02/pESQUISA-FALSA-622x330.jpg
A juíza Fabiola Costalonga, proibiu na tarde deste sábado (24), a divulgação dos resultados da pesquisa do Instituto Promidia em Cardoso Moreira que foi encomendada pela coligação uma Cardoso para todos que tem por candidato a Prefeito Gilson Siqueira sob pena de multa R$ 50.000.00 em caso de descumprimento.

Segundo o documento de decisão emitido pela Juíza Fabiola Costalarga; A Pesquisa foi realizada de forma viciada e tendenciosa deixando de refletir o real cenário político de Cardoso Moreira, além de esta realizando um direcionamento dos entrevistados isto é, escolhendo as pessoas a quem deve entrevistar e também a coleta de dados fora do período informado que poderá importar um cenário político distorcido indicado pela pesquisa.

 A Pesquisa eleitoral da coligação uma Cardoso para todos divulgou esta pesquisa no sábado pelo jornal O Diario e realizada pela Promidia pesquisa de opinião Publica e Marketing que não reflete a mesma opinião em comparação a outras pesquisas divulgadas recentemente pelo Jornal A Folha da Manha. que teve a sua divulgação liberada.

No mesmo dia, o Instituto de pesquisa Promidia teve mais uma pesquisa pesquisa proibida pela justiça por irregularidades, desta vez o caso aconteceu no município de São João da Barra. Clique Aqui

Leia a Decisão na Integra logo abaixo



Nenhum comentário