Prefeito Gegê Cantarino recebe do Estado os planos de saneamento básico

O governador Luiz Fernando Pezão entregou ao prefeito Gegê Cantarino nesta quarta-feira (17/2), no Salão Nobre do Palácio Guanabara, os Planos Municipais de Saneamento Básico para Cardoso Moreira.

Além da cidade Carinho, outras 34 prefeituras fluminenses também receberam este plano. Estas cidades integram as Bacias Hidrográficas da Baía de Guanabara, Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana, Piabanha, Lagos São João e Médio Paraíba do Sul. Os planos são pré-requisito para que os municípios possam ter acesso a recursos federais destinados ao saneamento básico, de acordo com a Lei Federal de Saneamento Básico (11.445/2007).

 A Secretaria de Estado do Ambiente, em parceria com os Comitês de Bacia e com a Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Agevap), elaborou os planos das 34 cidades. O investimento foi de R$ 9,4 milhões. Os planos traçam uma radiografia da situação atual de saneamento dos municípios e apresentam propostas de ações e metas para a universalização dos serviços de esgotamento sanitário, abastecimento de água, manejo de resíduos sólidos, drenagem das águas pluviais e limpeza urbana.

O material que foi entregue para cardosoMoreira traça uma radiografia da situação atual de saneamento das cidades e apresenta propostas de ações e metas para a universalização dos serviços de esgotamento sanitário, abastecimento de água, manejo de resíduos sólidos, drenagem das águas pluviais e limpeza urbana.

– Precisamos executar as ações de forma planejada. Por isso, estamos dando um passo enorme para identificar o tamanho do problema e saber que estruturas de investimentos já temos e de quais vamos precisar. O trabalho feito contou com uma metodologia participativa. O plano é fundamental para captar novos recursos – explicou o secretário do Ambiente, André Corrêa.

Confira as prefeituras que receberam seus planos:

Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara: Nova Iguaçu

Bacia Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul: Barra do Piraí, Comendador Levy Gasparian, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paraíba do Sul, Paty dos Alferes, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Vassouras.

Bacia Hidrográfica Piabanha: São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro e Sapucaia.




Bacia Hidrográfica Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana: Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, Natividade, Varre-Sai, Aperibé, Cambuci e Laje do Muriaé.

Bacia Hidrográfica Lagos São João: Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama, Saquarema e Silva Jardim.
 

Um comentário

Diego Miranda disse...

Espero que essa medida não seja igual que o estado junto com inea fez 2 anos atras para amenizar as enchentes do rio Muriae e rio pombas na cidades do norte e noroeste do RJ, pois nem 10% da obra foi realizada... Nos cidadãos esperamos lealdade e compromisso com a saúde e o dinheiro público !!!