Campanha de vacinação contra pólio e sarampo vai até dia 28

http://www.joaopessoa.pb.gov.br/portal/wp-content/uploads/2014/11/Saude_campanha_vacinacao1_foto_MazinhoGomes.jpg
A campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) e o sarampo em Cardoso Moreira começou neste sábado (8) e vai até sexta-feira dia 28 as vacinações estão sendo administradas no modulo Familia no centro da cidade e  nos postos de saúde do Bairro Novo Mundo, Palmeras, Conjunto Habitacional São José, em São Luiz, Doutor Matos, Outeiro e São Joaquim.

A medida tem como objetivo garantir a eliminação do sarampo no Brasil e manter a erradicação da paralisia infantil, que não apresenta casos no país desde 1990. e durante a campanha. A meta é vacinar pelo menos 95% do público-alvo.

Para garantir que o esquema básico seja cumprido, as vacinas contra a poliomielite, o sarampo, rubéola e caxumba continuam disponíveis durante todo o ano nos postos de saúde do municipio.
http://www.cardosomoreira.rj.gov.br/site/images/M_images/materias/noticias/Campanha_VOP_8__nov_2014.jpg

A Poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave e a vacinação é única forma de se prevenir. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção acontece por via oral. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito, quando infectada, mas adquire lesões que afetam o sistema nervoso, provocando, por exemplo, paralisia irreversível das pernas.

o sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. E, a única forma de prevenção também é a vacina. Um segundo ‘Dia D de Mobilização’ já está programado. Será no dia 22 de novembro para reforçar o alcance da campanha.

A campanha vale tanto para colocar em dia a vacinação atrasada como para reforço de quem está com o calendário em dia. Por isso, os profissionais de saúde recomendam que os pais não se esqueçam de levar o cartão dos filhos na hora da vacinação.
.

Nenhum comentário