MÉDICO MORRE ATROPELADO POR CAMINHÃO NA BR-101 EM FRENTE AO SHOPPING BOULEVARD

(Foto: Ralph  Braz)

Um médico gastroenterologista, de 35 anos, morreu atropelado por um caminhão na tarde deste domingo (17/08), no KM 65 da BR 101, próximo ao Shopping Boulevard, em Campos. Segundo familiares, Felipe Cruz Campos sofria de depressão.

O motorista do caminhão, Marcelino Favorete, que está completando 40 anos neste domingo, ficou atordoado após o acidente não soube explicar como ocorreu o atropelamento, mas o motorista de um carro de passeio que vinha logo atrás contou como tudo aconteceu. “O caminhão passou e logo depois da passagem da cabine ele (Felipe) mergulhou no eixo traseiro, como se estivesse mergulhando em uma piscina. As rodas traseiras passaram por cima dele”, contou o condutor.

A esposa do médico está grávida de oito meses e após ser avisada por familiares, esteve no local do acidente e queria ver o corpo, mas a família conseguiu convencê-la a sair do local.

A equipe chegou ao local segundos após o acidente, retornando de outra matéria e presenciou a identificação do corpo por familiares, que chegaram procurando por Felipe, que havia saído de casa, desde cedo. A família estava preocupada, por causa de uma suposta depressão. Eles estavam a procura de Felipe nas proximidades do bairro onde morava, no Parque Rodoviário e em casa de amigos e parentes.

O gastroenterologista atendia no Hospital Geral de Guarus (HGG), Hospital Escola Álvaro Alvin (HEAA), Santa Casa de Misericórdia de Campos e em Rio das Ostras.

A rodovia chegou a ficar parcialmente interditada após o acidente, com o transito fluindo pela pista com sentido a Guarus. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e o trânsito foi controlado pela Autopista Fluminense.




Fonte: Ururau

Nenhum comentário