Projeto de lei em Mato Grosso deve implantar chip em pedófilos;

Em Mato Grosso, os condenados por crimes ligados a pedofilia poderão ser obrigados a usar um chip para que a Segurança do Estado possa monitorar sua locomoção. A proposta é de um projeto de lei da deputada estadual Luciane Bezerra (PSB). De acordo com a parlamentar, o objetivo é evitar a alta reincidência destes criminosos na prática de abusos.

“É preciso mapear passo a passo estes doentes para tentar evitar que novas crianças sejam atingidas”, defende.

O projeto se baseia em pesquisas que apontam que a probabilidade de um pedófilo voltar a abusar é de 80 a 90%. 
Conforme a proposta, os equipamentos deverão ser a prova de qualquer tipo de violação. Se algum dano for identificado pela central de equipamentos isso gerará imediata expedição de ordem de prisão. Também é prevista a criação de uma central de monitoramento para acompanhar os passos dos pedófilos, quando estiverem em liberdade.

“Apresento esta proposta, que já é lei em São Paulo, porque acredito que a pedofilia é uma doença, e como nosso sistema de saúde é muito precário para mais esta demanda, vamos monitorar estes doentes”, ressaltou.

NÚMEROS DA PEDOFILIA

A violência sexual afeta cerca de 12 milhões de pessoas em todo o mundo. De acordo com estatísticas do SUS, as crianças de até nove anos de idade são as maiores vítimas, representando 59,1% do total de registros. 
Fonte Reporte MT

Nenhum comentário