Emoção até o último minuto em Cardoso Moreira: Americano empata em 3 x 3 com o Ceres

http://www.ururau.com.br/thumbsmaterias.php?img=fotos/../fotos_noticias/19-02-2014_184b09d6b288c91

Se a alegria do futebol   é o gol, Americano e Ceres capricharam na tarde desta quarta-feira (19/02), quando foram marcados seis gols ao todo no empate em 3 a 3, em partida realizada no estádio Antonio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira e antecipada da sexta rodada da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série B do Rio.

Os gols do alvinegro foram marcados por Jader aos 16 da primeira etapa; Ricardo aos 9 minutos (de pênalti) e Franklin já aos 50 minutos do segundo tempo. Claudio Pagodinho, aos 25 minutos do primeiro tempo; Betinho aos 10 minutos e Eudes aos 46 minutos do segundo tempo marcaram para os visitantes.

Com o resultado o Americano subiu para a terceira colocação do grupo B, agora com 4 pontos em três jogos, ficando a frente do Goytacaz no número de gols marcados. Já o Ceres que ainda não foi derrotado na competição, segue na ponta do Grupo A, agora com 10 pontos em quatro jogos.

JOGO - Logo no início de jogo uma falta para o Americano pela lateral direita, mas após a cobrança a equipe do Céres aproveitou o contra ataque mas foi interceptado pela zaga alvinegra.

Partida bastante corrida no início do primeiro tempo, mas com o Americano indo mais vezes ao ataque. Na ânsia de atacar o Americano corria riscos nos contra-ataques do Céres.

Aos 16 minutos, Jader faz bonita jogada, batendo na bola, de três dedos, mandando para o Baiano na lateral esquerda, Baiano recebeu e cruzou na área, Franklin desviou e o próprio Jader marcou, Americano 1 a 0.

O Céres partiu para cima querendo o empate e quase conseguiu aos 19 minutos, com  Eudes, mas o goleiro Adilson fez a defesa. Eudes teve outra boa chance, em falta, logo depois da parada técnica, mas a bola foi pela linha de fundo, mantendo o Americano em vantagem. A insistência do Céres foi premiada aos 25 minutos, e depois de bobeada da zaga alvinegra, o artilheiro Claudio Pagodinho acabou empatando o jogo, 1 a 1.

O Céres foi se sentindo mais a vontade na partida e conseguiu equilibrar o jogo. Aos 37 minutos, o Americano quase marcou com Mossoró em cobrança de falta mas a bola passou por cima do travessão de Leo Flores. O Céres percebendo a reta final do primeiro tempo foi 'segurando' a partida que ficou no empate.

http://www.ururau.com.br/thumbsmaterias.php?img=fotos/../fotos_noticias/19-02-2014_84fae2b359a60b8

SEGUNDO TEMPOPolêmica logo no início do segundo tempo, quando Neto com a bola dominada entrou na área e foi derrubado pelo goleiro Leo Flores, mas o árbitro não deu nada. Na sequência outra falta em cima do jogador do Americano, agora em Mossoró, nessa o árbitro marcou pênalti. Aos 9 minutos, Ricardo foi para bola, bateu e marcou, Americano 2 a 1.

O Céres logo em seguida, aos 10 minutos, a defesa do Americano ficou aberta, em bom ataque do clube alvianil, Betinho pegou a sobra da bola que bateu na trave e voltou a empatar a partida para o Céres, 2 a 2. Logo em seguida veio a chance do Céres virar o placar, pênalti para o Céres, depois de um jogador meter a mão na bola, pênalti, Claudio Pagodinho bateu e a bola foi para fora, mantendo o placar em 2 a 2.

Clima quente, disputas acirradas, o jogo corrido e um pouco desorganizado, mostrava a fraqueza das duas zagas, tanto que aos 15 minutos, Franklin quase marcou para o Americano em atrapalhada da zaga do Céres.

Aos 23 minutos, Vitor chutou forte, o goleiro do Americano fez bela defesa espalmando para fora. Pressão do Americano e em menos de cinco minutos três lances de perigoa favor do Alvinegro, que perdia chances preciosas de colocar o Americano na frente.

A partida foi caminhando para o final e as equipes apostavam suas últimas investidas ao ataque em busca da vitória . Dieguinho pelo Americano e Claudio Pagodinhp pelo Céres perdiam suas chances de vitória . E quem parecia conseguiria a vitória no finalzinho, aos 46 minutos, era o Eudes de cobertura sobre o goleiro sobre o goleiro Adilson, Céres 3 a 2.

O jogo ainda não havia terminado e no último lance, escanteio para o Americano, bola alçada na área e o Americano empatou com Franklin aos 50 minutos, 3 a 3. Logo em seguida o árbitro encerrou o jogo. Um empate que salvou o Alvinegro de perder em casa.

Na próxima rodada, que será a quarta do primeiro turno, o Americano folgará, só retornando dia 26 de fevereiro contra o Quissamã, em Cardoso Moreira; já o Céres neste sábado irá ao estádio Giulite Coutinho, enfrentar o America, às 15h30.

Classificação:
Grupo A

1º) Ceres, 10 pontos jogos: 4
2º) Sampaio Corrêa, 9 jogos: 3

3º) Olaria, 6 / jogos: 3
4º) Barra Mansa, 3 / jogos: 2
5º) Mangaratibense, 2 / jogos: 2
6º) Quissamã, 1 (saldo: -1) / jogos: 2
7º) Angra dos Reis, 1 (saldo: -3) / jogos: 3
8º) Tigres do Brasil , 0 / jogos: 3

Grupo B
1º) Portuguesa , 7 pontos (saldo: 3) / jogos: 3
2º) São João da Barra, 7 (saldo: 2) / jogos: 3

3º) Americano, 4 (saldo: 0 / gols pró: 7) / jogos: 3
4º) Goytacaz, 4 (saldo: 0 / gols pró: 3) / jogos: 3
5º) Barra da Tijuca, 3 (saldo: -2) / jogos: 3
6º) América, 1 (saldo: 0) / jogos: 1
7º) Queimados, 1 (saldo: -1) / jogos: 2
8º) São Gonçalo EC, 0 (saldo: -3) / jogos: 1
9º) Paduano, 0 (saldo: -4) / jogos: 2

FICHA TÉCNICA
Americano 3x3 Ceres
Árbitro:
Diego Henrique Gandara
Assistentes: Hildemar Dias de Oliveira Filho e Aandré Luís da Silva Segundo

Americano: Adilson; Neto, Danilo, Alemão e Jader (Miranda); Espinho, Franklin e Mossoró (Dieguinho); Baiano (Dudu), Ruan e Ricardo. Técnico: André Pimpolho.

Ceres: Léo Flores; Betinho (Gustavo), William, Felipe Reis e Rafinha; Taylor, William Carlos, Gustavo e Claudio Pagodinho (Leandro); Eudes e Chalita (Washington). Técnico: Leandro Ferreira.

Fonte: Ururau

Nenhum comentário